Praça Honorico Nunes, 522 | Centro | Patrocínio, MG

Tel: 034 3839-1000

  • Preto Ícone Facebook
  • Preto Ícone Instagram

Visitantes e Acompanhantes

Como medidas de prevenção e segurança, em consideração à transmissão do COVID-19 (Coronavírus),  temporariamente os horários de visitas do Hospital Santa Casa de Patrocínio serão alterados, a partir de 18/03/2020 (quarta-feira), funcionando da seguinte maneira:

  • Proibida a entrada de visitantes ou acompanhantes acima de 60 (sessenta) anos de idade e/ou com sintomas gripais.

 

  • Visitas à pacientes em regime de isolamento serão autorizadas mediante agendamento com a Gerência de Enfermagem.

 

  • As visitas serão reduzidas a uma pessoa de acordo com os horários estabelecidos:

  • UTI Neonatal: 10h às 11h - somente Pai e Mãe.

  • UTI Adulto: 12h às 13h.

  • Saúde Mental: 15h às 16h

  • Berçário: visitas temporariamente proibídas.

  • Hospital Geral: 13:30h às 14:30h

"Os acompanhantes dos pacientes menores de 18 anos, maiores de 60 anos, gestantes e pacientes com deficiência ou outras necessidades especiais poderão participar de todo o processo conforme previsto em Legislações pertinentes."

 


VISITA MÉDICA


O médico diariamente examinará o paciente, fará prescrição, evolução e orientará a forma adequada de seu tratamento. Outras visitas médicas, se necessárias devido aos cuidados com o estado de saúde do paciente, serão solicitadas pelo médico responsável, plantonista ou enfermagem. Em quartos privativos, se houver desejo do paciente em ser avaliado por outro médico, isto deverá ser comunicado pelo familiar ao médico responsável.

 

ENFERMAGEM


A Equipe de enfermagem permanece 24 horas cuidando do estado de saúde do paciente; fazem visitas constantes ao leito e podem ser solicitados sempre que necessário.
 

INTERNAÇÃO

As internações poderão ser eletivas (programadas) ou de emergência (urgência). As internações eletivas acontecem entre 18 e 6 horas do dia seguinte. As emergências são internadas a qualquer hora.
 

ALTA HOSPITALAR

 

A alta hospitalar é determinada e assinada pelo médico responsável, durante sua visita diária ao paciente. Ao ser informado sobre a alta entre em contato com a enfermagem e aguarde sua alta ser processada e a liberação da enfermagem. A Santa Casa tem como rotina comunicar ao familiar sobre a alta e aguardar que o mesmo venha pessoalmente buscar o paciente, e na medida do possível a alta ocorre normalmente até ao meio dia.

HORÁRIO DE REFEIÇÕES DOS PACIENTES


As refeições são servidas nas enfermarias, nos seguintes horários:

 

  • Desjejum: 7:30hs.

  • Almoço: 10:30hs;

  • Lanche da Tarde: 13:30hs;

  • Jantar: 16:45hs.


Nos apartamentos, os horários se estendem por até uma hora, conforme possibilidade e desejo do paciente/familiar. A liberação de dietas de pacientes admitidos ocorrerá na próxima distribuição, salvo os pacientes de dieta zero. A dieta prescrita pelo médico é adequada e faz parte do tratamento; portanto evite trazer alimentos de casa, a não ser quanto solicitado pela Equipe de saúde. Você pode se orientar com a nutricionista da Santa Casa.

HORÁRIO DE REFEIÇÕES DE ACOMPANHANTES


Deverá obedecer aos mesmos horários dos pacientes com acréscimo de trinta minutos, quando o acompanhante é impossibilitado de se alimentar próximo ao paciente.


OBJETOS DE USO PESSOAL

 

  • Deverão ser trazidos os objetos: escova de dente, pasta dental, pente ou escova de cabelos, roupa íntima, absorventes, chinelos, barbeador.

  • As roupas de uso pessoal não podem ser lavadas nem passadas na Santa Casa; informe-se com o serviço de lavanderia.

  • As gestantes deverão trazer enxoval do recém-nascido para troca regular.

  • Se houver necessidade de trazer pertences de pacientes à enfermaria, isto deverá ocorrer preferencialmente no horário de visitas, ou ente 8 e 17 horas, na portaria com entrada abaixo do Pronto Socorro Municipal.

  • Não traga nem permaneça com objetos de valor nas dependências da Santa Casa, pois a Santa Casa não se responsabiliza pelo desaparecimento de quaisquer objetos de valores que se encontrem com o paciente e/ou familiares.
     

ACOMPANHANTE

 

  • O paciente permanecer acompanhado a um familiar é muito importante para seu restabelecimento. ​

  • Nas Unidades do SUS, cuja acomodação é coletiva, a Santa Casa segue critérios específicos para liberação de acompanhantes. Saiba: o acompanhante deve ser um familiar ou similar.

  • As visitas permanecem de 13 às 17 horas.

  • O acompanhante deve permanentemente colaborar e estar presente na recuperação e bem estar do paciente; jamais traga problemas ou assuntos desagradáveis ao mesmo, mantenha o ambiente o mais agradável e sereno possível.

  • É proibido sentar-se ou deitar-se na cama do lado e do paciente.


VISITANTES

 

  • Não é permitida a entrada de pessoas trajando bermudas e ou sem camisa, animais e crianças abaixo de 12 anos.

  • Não traga alimentos, a menos que seja solicitado pela Equipe. Evite provocar tumultos que venham a perturbar os pacientes. Faça o máximo de silencio possível. É PROIBIDO FUMAR NAS DEPENDÊNCIAS DA SANTA CASA.

  • Não é permitido sentar-se na cama do paciente nem na cama ao lado; lave as mãos ao entrar e sair do quarto. Se o paciente estiver isolado solicite orientação prévia no posto de enfermagem. Mantenha a limpeza do ambiente hospitalar.

  • Atenção ao uso do celular, os pacientes internados necessitam de “silêncio” e “serenidade”, mantenha o celular no modo “silencioso” e evite o uso excessivo do aparelho nos corredores e principalmente no quarto.


CIRCULAÇÃO DE PESSOAS
 

Evite transitar nas áreas da Santa Casa e entrar em quartos de pacientes; você estará colaborando no Controle de Infecção Hospitalar.

INFORMAÇÕES SOBRE PACIENTES

 

  • Qualquer informação sobre o estado do paciente e seu quadro clínico deverá ser solicitada ao médico responsável, durante a visita diária. Sempre que solicitado pela Equipe de Saúde, os familiares deverão comparecer imediatamente à Santa Casa.

  • As notícias solicitadas por telefone e atendidas pela Enfermagem, ocorrerão entre 10 e 11 horas. Fora deste horário evite incomodar a enfermagem, que deve passar o máximo de seu tempo com o  paciente.

  • Na UTI é informado boletim médico durante a visita das 14:00 às 17:00 horas. Só o médico poderá passar informações sobre o paciente.


USO DE TELEFONE

 

  • Nos quartos privativos disque o número 9 para solicitar ligações externas à telefonista.

  • Evite longas conversas ao telefone, e não o deixe fora do gancho.

  • O valor das ligações será cobrado na alta.

  • Nas enfermarias não é permitido o uso do telefone; Somente celular de uso pessoal.


CONFORTO ESPIRITUAL


Os representantes de qualquer crença religiosa deverão ser credenciados junto ao serviço de Psicologia. Fora disto deverão ser autorizados pela equipe e  entrarão sempre, em momento adequado ao paciente e Equipe de Saúde.

PRONTO SOCORRO MUNICIPAL


A Santa Casa em parceria com o Município cede sua área física à Prefeitura  para o Pronto Socorro Municipal. Entretanto não tem nenhuma participação no gerenciamento de tais serviços.

AVALIAÇÃO DE SERVIÇOS DA SANTA CASA


A Santa Casa, através de seu Grupo de Humanização, solicita sua avaliação dos serviços utilizados, bem como sugestões e reclamações. Solicitamos a gentileza de preencher questionário de avaliação de serviços, entrega-lo ao responsável ou colocá-la nas urnas existentes nas portas de entrada da Santa Casa, até o dia da alta hospitalar.

O Hospital Santa Casa possui os seguintes setores para orientar os pacientes:

  • Posto de Enfermagem: cuidados com o paciente, higiene, acidentes domésticos, e demais procedimentos definidos em protocolo específico.

  • Setor de Psicologia: aspectos gerais e individuais do papel do acompanhante, formas de lidar com o paciente, sua permanência na Unidade de Internação. São dadas também orientações com relação à permanência do acompanhante em ambiente hospitalar quando são entregues panfletos que especificam regras acima citadas.

  • Setor de Serviço Social: atividades conforme protocolo específico.

  • Setor de Nutrição: atuações conforme Protocolo específico.

  • Setor Médico: ações conforme Protocolo específico.


CONCLUSÃO


A permanência do acompanhante nas dependências da Santa Casa é um direito e exigência de lei. Para que esta realidade seja otimizada, todos os colaboradores deverão se inteirar das normas da Instituição, para que, em Equipe possamos adequar as ações dos acompanhantes em benefício na execução de nosso trabalho, como um aliado importante no restabelecimento do paciente e sua satisfação, que é o objetivo e missão da Santa Casa.